O que não fazer na hora de tirar fotos de imóveis

  26 de Janeiro de 2017    


Todo bom corretor de imóveis sabe que nesse mercado as imagens divulgadas são fundamentais para atrair potenciais clientes. São elas que criam a primeira impressão do potencial morador sobre o local e como já diz o ditado “a primeira impressão é a que fica”. Por isso, investir em boas imagens é uma etapa fundamental para a negociação de imóveis.

Muitos corretores enxergam a etapa de divulgação como perda de tempo e dinheiro, por isso não pagam por boas fotos ou não investem tempo nessa atividade. O probema é que isso cria uma grande dificuldade de clientes enxergarem o potencial do imóvel, o pode atrapalhar o faturamento do seu negócio.

Por isso, hoje trouxemos algumas dicas do que não fazer no momento de tirar fotos de imóveis para que você pare agora de perder clientes para fotos ruins. Siga essas dicas e metade do anúncio do seu imóvel estará feito!

1 - Fotografar lugares desorganizados

A foto de um cômodo bagunçado desvaloriza a venda. Faz parecer que o imóvel é algo inabitável, e como o termo já diz, impossível de viver. Não é esse o efeito que você quer causar nos seus clientes, não é mesmo?

Mesmo esse sendo um erro do atual morador do imóvel, causar uma má impressão em seus potenciais clientes pode matar sua venda. Pensando nisso, oriente o morador sobre a importância da organização no momento das fotos. Não tenha medo de opinar, pois esse é um detalhe que trará benefícios para você e para o proprietário do imóvel.

Outra dica é combinar as fotos com alguma antecedência, você não pode esperar que uma residência esteja organizada 100% do tempo. Por isso, agende a sessão de fotos com o morador e aproveite para orientar sobre como as coisas devem estar nesse momento.

2 - Não se preocupar com a limpeza

Esse tópico tem muito a ver com o anterior. Não adianta você fotografar um imóvel organizado se ele estiver claramente sujo. Assim como você não se imagina vivendo em lugar sujo, o cliente que está procurando um novo lar também não.

Por isso, se houver moradores no imóvel combine as fotos previamente e avise que o local precisa estar limpo. Já se o imóvel estiver vazio, você pode combinar com o proprietário de pagarem uma faxina ou colocar as mãos a obra para salvar suas fotos e suas vendas.

3 - Utilizar elementos que não se combinam

Muitas vezes uma casa tem elementos e objetos que não combinam entre si, comprometendo a decoração do ambiente e a sensação que ele transmite quando alguém vê uma imagem. Por isso, mais uma vez é preciso combinar com o proprietário uma decoração adequada para fotografar.

Algumas vezes é preciso tirar alguns objetos do ambiente para não sobrecarregar o local e passar uma imagem de maior tranquilidade para os clientes. Assim, pense se os ambientes estão te transmitindo uma ideia de paz ou caos e faça as mudanças necessárias para conseguir a melhor foto possível.

Além disso, uma dica é levar quadros ou flores para o local no dia das fotos, podem dar um toque especial a decoração de um ambiente mais simples.

4 - Objetos isolados ou perdidos

Outro problema comum das fotos de corretores de imóveis é tentar preencher o ambiente com poucos objetos que os proprietários deixam para trás quando se mudam. Essa técnica cria a sensação de que o ambiente é isolado, vazio e estranho. Por isso, a dica é fotografar os imóveis mobiliados ou totalmente vazios, e se possível das duas formas. Assim, o cliente tem a real ideia de como é o imóvel.

5 - Contar com recursos computadorizados e projetos

Obviamente quando um imóvel ainda está na planta ou não está pronto é preciso contar com recursos computadorizados e imagens do projeto. Mas isso não funciona bem quando é um imóvel que já está finalizado.

Utilizar esse tipo de imagem transmite uma ideia de que a construção não existe ou não é confiável, afinal por que não utilizar uma foto real? O primeiro pensamento de quem está vendo a foto é que o corretor possivelmente está querendo esconder algo. Se essa não é a ideia que você deseja transmitir para seus clientes, é preciso investir em boas fotos, mesmo que seja de uma piscina ou outras áreas comuns.

6 - Aparecer nas fotos

Não é incomum ver fotos de imóveis em que quem está fotografando aparece nos reflexos em espelhos e vidros. Esse é um aspecto que desvaloriza a imagem e tira o foco do cliente do imóvel para tentar entender o que a pessoa faz no cenário.

Por isso, se você quer que o seu cliente preste atenção nas fotos dos imóveis e nos detalhes que realmente irão te ajudar na negociação, evite deixar seus reflexos aparecerem nas imagens. Tenha cuidado com espelhos, portas de vidro, janela e box de banheiros que podem refletir sua imagem.

7 - Ângulo ruim

Um ângulo ruim pode comprometer bastante o imóvel. Algo como um poste ou uma árvore escondendo a fachada do imóvel pode tirar qualquer beleza e utilidade da sua foto. Assim como pode atrapalhar qualquer detalhe ou característica do imóvel.

Ao tirar fotos de imóveis, sejam externas ou internas, se certifique de nada está atrapalhando a visualização do imóvel e de que aquele é o melhor enquadramento possível para ambiente. Uma dica para quem ainda está começando a realizar um bom trabalho de fotografia é tirar as fotos em várias posições, assim você pode escolher a melhor e aprender quais são as formas mais eficientes de fotografar.

8 - Fotografar pessoas nos imóveis

Esse é um erro clássico de qualquer fotógrafo amador. Ter pessoas em suas imagens, principalmente se elas forem clicadas em trajes mais íntimos e desprevenidas, é uma ótima forma de espantar seus potenciais clientes.

Por isso, fique atento se tiverem pessoas no local enquanto você fotografa. Caso alguma esteja interferindo na sua foto, é hora de pedir licença, pois certamente deixarão a foto com um aspecto estranho.

9 - Tremer a câmera

Fotos tremidas causam mal estar em quem está vendo e impedem o potencial cliente de enxergar detalhes importantes do imóvel. Por isso, sempre que for tirar uma foto evite balançar a câmera ou se mover durante o processo. Se possível, utilize um tripé e solucione esse problema.

10 - Tentar registrar a localização

Muitos corretores tentam mostrar a localização do imóvel fotografando o local de cima ou os arredores. Tentam marcar com setas ou outros recursos visuais a localização do imóvel. Esse tipo de foto, além do difícil entendimento, não demonstra profissionalismo.

Para mostrar ao cliente onde está o imóvel existem recursos com mapas que são desenvolvidos especialmente para esse fim. Além disso, utilizar a geolocalização do imóvel em seu site e anúncios, aumenta suas chances de ser encontrados pelos que clientes que procuram imóveis por localidade.

Outro ponto positivo dos mapas é que neles é possível os clientes conhecerem a região e seus benefícios, o que certamente se tornará um atrativo para quem quer comprar imóveis.

11 - Produzir imagens sem nenhuma informação

Assim como em textos e descrições, fotografias também trazem informações. No caso das fotos de imóveis essas informações são as características do ambiente e detalhes como o acabamento. Portanto, ao tirar uma foto, pense qual é a mensagem que ela vai transmitir para quem está vendo.

Tirar fotos de imóveis que não dizem nada, contemplando espaços e características que não importam pode ser um tiro no pé na hora de divulgar um imóvel. Pense nisso antes de fotografar ou publicar uma foto do gênero.

12 - Iluminação ruim

A iluminação é um item que faz toda a diferença em uma boa foto. Se você não tiver cuidado com esse aspecto suas fotos ficarão muito escuras e ruins de visualizar ou tão claras que será impossível distinguir o que está na imagem. Esse é o primeiro ponto pelo qual você deve se preocupar com a luz: ela interfere na forma que as pessoas veem a foto.

O outro aspecto importante é que luz em excesso fará parecer que o imóvel recebe uma grande incidência de sol, ou seja, que é muito quente. Uma foto escura parecerá que o imóvel não recebe luminosidade suficiente, tornando-se escuro e úmido. Duas características evitadas fortemente por quem procura um novo imóvel.

Por isso, ter cuidado com a iluminação das imagens e escolher bem o horário do dia para fotografar é fundamental para ter fotos atraentes e profissionais.

Evitar esses erros na hora de tirar fotos de imóveis, mesmo que você não utilize um equipamento profissional, é um excelente passo rumo a uma divulgação de imóveis eficiente e profissional. Se você é um profissional preocupado em se diferenciar no mercado imobiliário e gostaria de aumentar seu faturamento e a eficiência de seus anúncios, não deixe de tentar. Você tem mais alguma dica sobre fotos de imóveis? Deixe nos comentários!


2 avaliações, média 5.0 de 5

Sobre o Imobilinks

O Imobilinks oferece em uma solução integrada site e sistema para corretores de imóveis e imobiliárias. Nossos modelos de site são otimizados para todos os dispositivos incluindo tablets, smartphones e SEO. Pelo sistema é possível exportar anúncios para diversos portais imobiliários e redes socias.

  Contato

Rio de Janeiro

Rua Marquês de São Vicente,
140 sala 302 - Gávea

  Horário de Atendimento

Segunda a Sexta: 9h00 as 18h00

  Siga-nos nas Redes Sociais