Corretor de Imóveis: como planejar suas finanças em tempos de crise

  07 de Dezembro de 2015    

Um corretor de imóveis ganha em apenas uma venda o que muitos trabalhadores podem demorar meses para conseguir — ou até anos. Acontece que, ao contrário da maioria dos profissionais, o corretor de imóveis vive exclusivamente das comissões. O que é preciso levar em conta é que mesmo quando é extremamente competente no que faz, precisa lidar com situações externas que estão fora do seu controle. E a crise econômica é uma delas.

Nesses tempos difíceis, é possível perceber uma diminuição da demanda na área imobiliária. Mesmo quando o corretor tem uma série de imóveis disponíveis para venda, os compradores desaparecem, refletindo diretamente o ânimo da economia. Dessa forma, a crise econômica nacional pode impactar diretamente as finanças pessoais do corretor. Esse é um problema sério, não é mesmo? Mas tenha calma. Para ajudar nossos leitores a superarem esse momento, vamos passar algumas dicas para cuidar melhor das suas finanças em tempos de crise. Confira!

De olho no orçamento

Para um bom planejamento financeiro, é imprescindível saber exatamente quanto dinheiro entra e sai por mês da sua conta bancária. Tendo controle fica mais fácil decidir onde investir, cortar gastos ou identificar o momento de conseguir uma renda extra. É importante não deixar passar nenhum detalhe, mesmo aquele cafézinho da padaria, pois são estes pequenos gastos que podem prejudicar o andamento das suas contas.

Procurando outras fontes de renda

Não. Não vamos pedir para que abandone a carreira de corretor de imóveis ou que faça bicos por aí. A solução é muito mais simples do que parece. Sabemos que as comissões dos corretores de imóveis são bem elevadas e, por isso, muitos deles acabam se iludindo, gastando tudo que recebem como se no próximo mês o cenário fosse se repetir. Mas você deve saber que não é bem assim que acontece. Parte da comissão ganha pode (e deve) ser investida.

Atualmente, existe uma série de opções seguras para o corretor de imóveis, tendo ele simplesmente o objetivo de criar reservas ou realmente esperar algum rendimento fixo dos seus investimentos. Para começar, podemos citar a própria poupança (caso o objetivo seja pura e simplesmente criar uma reserva, o que não é recomendado), as LCIs, Tesouro Selic, entre outros. Existem também os investimentos de longo prazo, mas, para isso, o corretor tem que se planejar, conforme veremos no próximo tópico.

Planejando as finanças pessoais

O primeiro passo para planejas as finanças em tempos de crise consiste na definição dos custos fixos. Basicamente, são as contas que chegam mensalmente para a família, como o aluguel, o supermercado (embora varie, há previsibilidade), o plano de saúde, enfim, todas aquelas despesas que são constantes. Com isso, já é possível definir, por exemplo, o quanto é necessário para cobrir as despesas mensais e anuais do corretor, o que facilita a destinação do dinheiro recebido com as comissões.

É recomendável que o corretor não gaste as suas comissões com outras finalidades até atingir a base definida como custo fixo no seu planejamento. Essa é a porta de entrada para as dívidas. No entanto, a partir do momento que você consegue as entradas proporcionais às despesas, já pode realizar seus investimentos, planejando seu futuro com mais tranquilidade. É muito comum encontrarmos corretores que acabam desordenando suas finanças simplesmente pela ilusão de que vão sempre vender, mas, na crise, muitos acabam se desiludindo. Não caia nesse erro e você ficará bem!

Cuidado com os excessos

Com o aumento de alguns impostos, o valor das contas aumentou e o jeito mais eficaz para as despesas é economizando. Desligar as luzes desnecessárias, tirar aparelhos eletrônicos da tomada antes de sair de casa e conferir o preço do combustível antes de abastecer são algumas dicas para você economizar.


Dicas:

  • Acompanhe de perto suas receitas e despesas, pelo menos 1 vez por mês.
  • Compare os preços antes de comprar produtos
  • Compre somente o que você precisa
  • Tente pagar à vista quando tiver desconto
  • Utilize o cartão de Crédito apenas quando valer a pena
  • Faça metas para alcançar o seu objetivo
  • Se informe mais sobre investimentos e como fazer seu dinheiro render melhor


Pronto para organizar melhor suas finanças? Contribua com a sua dica nos comentários!


1 avaliações, média 5.0 de 5

Sobre o Imobilinks

O Imobilinks oferece em uma solução integrada site e sistema para corretores de imóveis e imobiliárias. Nossos modelos de site são otimizados para todos os dispositivos incluindo tablets, smartphones e SEO. Pelo sistema é possível exportar anúncios para diversos portais imobiliários e redes socias.

  Contato

Rio de Janeiro

Rua Marquês de São Vicente,
140 sala 302 - Gávea

  Horário de Atendimento

Segunda a Sexta: 9h00 as 18h00

  Siga-nos nas Redes Sociais