6 hábitos que devem mudar do mercado imobiliário em 2017

  01 de Fevereiro de 2017    

Um ano novo sempre é uma oportunidade para se colocar mudanças em prática. No mercado imobiliário não é diferente, especialmente em um ano tão promissor como promete ser 2017.

Todos os profissionais têm características e hábitos pessoais que podem, e devem ser melhorados, porém alguns comportamentos não podem mais esperar pelo próximo ano para serem mudados.

O mercado imobiliário é um cenário tradicional, mas essa realidade vem mudando nas últimas décadas com o surgimento de novas tecnologias. Você sabe quais são os 5 hábitos que precisam acabar no mercado de imóveis em 2017? Se você está disposto a evoluir, leia esse post e comece a revolucionar o mercado a partir de já!

1 - Endereço de imóvel incorreto ou oculto

Essa é uma “estratégia” utilizada por muitos corretores imobiliários por pensarem que dessa forma irão afastar outros corretores, garantindo certa exclusividade sobre o imóvel. Além disso, muitos acreditam que dessa forma um interessado será obrigado a ligar para conseguir as informações sobre o imóvel, facilitando o trabalho de captação de contatos.

Atualmente isso não está funcionando. Em primeiro lugar porque as pessoas realizam muito mais buscas pela internet e especialmente em portais imobiliários e aplicativos. Essas se utilizam de buscas geolocalizadas - baseadas no endereço do imóvel - para oferecer ao cliente imóveis com as características que buscam nos locais de sua preferência.

Além disso, é comprovado que os anúncios completos recebem muito mais acessos e geram mais contatos do que os com poucas informações. Dessa forma, não é difícil perceber que omitir o endereço dos imóveis não garante nenhuma exclusividade e afasta suas chances de fechar negócios.

2 - Receber clientes em imóveis despreparados

O que você gostaria de ver ao entrar em uma nova casa ou investimento? Tenho certeza de que um lugar limpo, bem iluminado e organizado estão no topo de sua lista. Se estiver bem decorado, é ainda melhor. Um local agradável é fundamental para um cliente se interessar por qualquer imóvel.

O ponto fundamental aqui é entender que para alguém ter vontade de morar ou investir em imóvel é conseguir se imaginar vivendo nele. Por isso, um imóvel em boas condições no momento da visita é tão importante.

No caso de um imóvel desocupado essa tarefa é um pouco mais simples, já que, na maior parte das vezes, ele está vazio e só demanda de uma boa limpeza e cuidado por parte da imobiliária ou corretor. Já quando tem pessoas morando no imóvel ou móveis e pertences essa tarefa é um pouco mais complicada, já que não depende somente do profissional.

Nesses casos, o melhor a fazer é instruir o proprietário do imóvel da importância que uma boa apresentação tem no momento das visitas e dar algumas dicas a eles sobre organização para esses momentos. Outra sugestão é nunca visitar esse tipo de residência sem avisar ou combinar antecipadamente, pois dessa forma é impossível oferecer uma apresentação impecável.  

3 - Ignorar contatos

Sabemos que um corretor de imóveis se divide em várias tarefas do processo de compra e acaba tendo um cotidiano muito corrido. Porém, por mais difícil que seja, isso não pode atrapalhar o seu desempenho como corretor de imóveis, principalmente nas tarefas que envolvem atendimento ao cliente.

Causar uma má impressão aos clientes é um erro que por mais bobo que pareça, pode ser definitivo e te fazer perder muitas vezes. Isso também vale para a demora em responder. Quando um cliente procura um profissional e não recebe retorno de forma rápida, há muitas chances de ficar insatisfeito ou sentir-se ignorado.

Existem pesquisas que mostram que o primeiro corretor que responde ao chamado do cliente tem 2 vezes mais chances de fechar negócio. Isso porque será responsável por tirar a maior parte das dúvidas do cliente e apresentar as soluções.

Essa é oportunidade que não deve ser perdida por nenhum corretor no mercado de imóveis em 2017, por isso tente sempre que possível, atender seus cliente imediatamente.

4 - Não atender contatos que tenham somente e-mail

Um erro  comum dos corretores de imóveis é pensar que não é possível iniciar um contato com alguém que tenha lhe dado somente um endereço de e-mail. Pior que isso, muitos corretores entendem que não devem conversar com seus clientes por e-mail ou realizar esse tipo de contato que consideram mais “frio”.

Porém, a verdade é que a atualmente grande parte dos clientes prefere estar em contato com todo tipo de vendedor por e-mail. Isso porque esse canal alia a rapidez da internet, a confiança de um registro da conversa com a conveniência de conversar com o corretor no momento que for mais adequado.

Por isso, nunca despreze um contato somente porque ele não quer ou ainda não passou seu telefone. Atualmente, essa é uma preferência dos clientes e mesmo esse tipo de contato pode ser qualificado para venda.

5 - Confiar no papel

Esse certamente é um erro que precisa acabar no mercado de imóveis em 2017. Muitos corretores de imóveis ainda contam com um papel para se lembrar de todos os seus compromissos e atividades. Anotam conversas e pedidos dos clientes em caderninhos e acabam se perdendo em meio a tantas notas.

Existem muitas formas de solucionar esse problema. As principais são utilizar um bom sistema CRM e um aplicativo para gerenciamento de compromissos. O CRM ajuda o corretor a registrar tudo o que conversam com clientes, além de seus contatos, localidade interesses e datas importantes.

Esse tipo de sistema também pode ajudar a gerenciar as tarefas e compromissos com cada cliente, pois permite que você registre nele suas tarefas passadas e futuras. Um bom corretor de imóveis pode complementar utilizando uma agenda online, para organizar seu compromissos e atividades, conciliando com tarefas pessoais.

A vantagem de utilizar esses aplicativos online é que podem ser acessados do computador do trabalho ou através de um smartphone, fazendo com que as informações não fiquem perdidas em papéis ou inacessíveis na imobiliária.

6 - Não fazer anúncios online

Contar somente com as antigas práticas de divulgação e com o marketing tradicional não é mais possível no mercado de imóveis em 2017. As buscas online cada vez mais representam a maioria da procura por imóveis, por isso é fundamental pensar em formas de se destacar também na internet.

A mais importante certamente é ter um site com descrições completas de seus imóveis, serviços e contatos, para onde você irá direcionar seus contatos. Para divulgá-lo as formas mais comuns são anunciar e criar um bom relacionamento pelas redes sociais, e realizar anúncios pagos em buscadores, como Google, e em portais online especializados.

Divulgar online é uma forma do mercado de imóveis estar atualizado e alinhado com o que seu público espera. Por isso, é importante dar atenção para o ambiente virtual e para os contatos que chegam por meio dele.

Ao mudar esses 6 hábitos certamente você e sua imobiliária irão se destacar entre os clientes, aumentar seus resultados e garantir um público fiel. Quer saber como gerar mais contatos em 2017? Clique aqui e saiba como um site pode te ajudar! Se você tem dúvidas ou quer saber mais sobre como mudar antigos comportamentos, deixe seu comentário!



3 avaliações, média 4.67 de 5

Sobre o Imobilinks

O Imobilinks oferece em uma solução integrada site e sistema para corretores de imóveis e imobiliárias. Nossos modelos de site são otimizados para todos os dispositivos incluindo tablets, smartphones e SEO. Pelo sistema é possível exportar anúncios para diversos portais imobiliários e redes socias.

  Contato

Rio de Janeiro

Rua Marquês de São Vicente,
140 sala 302 - Gávea

  Horário de Atendimento

Segunda a Sexta: 9h00 as 18h00

  Siga-nos nas Redes Sociais